quinta-feira, 19 de junho de 2014
Olá amores!
Hoje vamos ter uma resenha bem especial! É sobre o filme inspirado no primeiro livro (O Beijo das Sombras) da série Vampire Academy. Como acredito que nem todos tenham lido o livro vou dividir esse resenha em duas partes, a primeira para quem nunca ouviu falar e/ou não leu o livro e a segunda para quem leu o livro.



Título: Vampire Academy: O Beijo das Sombras 
Diretor: Mark Waters
Roteiro: Daniel Waters
Richelle Mead
Duração: 105 min
Ano: 2014
Estúdio: Preger Entertainment
Distribuidora: Diamond Filmes
Sinopse: "A série adolescente de fantasia e romance paranormal, publicada no Brasil como Academia de Vampiros, se passa no presente e mostra um mundo oculto de vampiros, alquimia e magia. Rose Hathaway (Zoey Deutch) é uma dampira - cruzamento de vampiro e humano - que está sendo treinada para se tornar guardiã de sua melhor amiga Lissa Dragomir (Lucy Fry), princesa e única herdeira de uma das 12 famílias da realeza Moroi. Os Moroi são uma raça pacífica e mágica de vampiros mortais, que sobrevivem à luz do dia, se alimentam de doadores de sangue consensuais, envelhecem e morrem.
Para se tornar uma guardiã, Rose frequenta a academia St. Vladimir, onde aprende a lidar com as habilidades que herdou como dampira e a combater os Strigoi, vampiros imortais e maléficos, predadores dos Moroi. Nesse processo de aprendizagem, ela descobre que compartilha um laço psíquico com Lissa e se apaixona pelo seu mentor Dimitri (Danila Kozlovsky. Olga Kurylenko de (Oblivion) viverá Kirova, a diretora da academia. Sami Gayle de (Blue Bloods) será Mia, inimiga das mocinhas da história."

Preciso começar dizendo que o filme não veio para os cinemas brasileiros devido a baixa bilheteria lá fora, nem preciso dizer o quanto isso me deixou triste, né? =[ Mas então as esperanças se acenderam quando vi no "Now" da Net que ele se encontrava disponível para ser alugado, dei gritinhos e aluguei no mesmo instante. 
O filme começa com Rose e Lissa tendo um pesadelo sobre um acidente e acordando assustadas, logo nesse cena fica bem claro que Lissa de alguma forma salvou a vida de Rose e ai elas começam a dar a entender sobre terem fugido de uma escola e sobre serem conectadas desde o dia do acidente.  
Em seguida já se passa para uma cena onde Lissa se alimenta do sangue de Rose e fica claro a natureza vampírica de Lissa.  Então Rose começa uma explicação sobre Morois, Dampiros e  Strigoi, apesar de um tanto quanto lenta levando diversas cenas para ser contada por completo, ela foi direto ao ponto e bem explicativa.
O filme tem uma trilha sonora excelente que faz com que você sinta as emoções propostas pelas cenas. Cativante de uma forma única e sempre deixando a curiosidade aguçada fiquei absorta olhando para a tela durante toda a duração do filme e mais um pouquinho. As cenas são precisas e a atuação maravilhosa. 
Para conseguir fazer essa resenha pedi que minha mãe assistisse comigo (ela não leu o livro) e ao final fui perguntando coisas para sabe se ela tinha entendido só vendo o filme e ela entendeu tudo, por isso fiquem tranquilos de ver o filme sem ter lido os livros. 
E para quem leu o livro:
Todo leitor sempre começa o filme já pensando " Meu Deus vamos ver se eles estragaram muito com a história ou dá para salvar" é fato que vários estúdios acabam com a magia do livro e fica um filme levemente inspirado e com nome de personagens iguais. Keep Calm que o filme é MUITO FIEL, isso até me assustou, sinceramente me sentia lendo o livro novamente e repassando cada detalhe. É claro que alguns detalhes se perderam, algumas cenas, mas é impossível colocar em 105 minutos o que a tia Richelle escreve em mais de 300 páginas de pura ação. 
Ai está um ponto MUITO a favor desse filme, a autora Richelle Mead fez questão de participar da elaboração do roteiro e acompanhar tudo bem de pertinho, deixando tudo como ela imaginava que seria.
Apesar de já ter visto todo o casting e até algumas cenas não imaginei que o elenco poderia ser tão perfeito com exceção da Mia, a Zoey era a própria Rose do jeito como imaginei nos livros e nem preciso comentar sobre o Dimitri que é um Deus grego da vida real. A Lissa também possuí aquela fragilidade Moroi, porém com toda a atitude própria dela e o Christian está ainda mais perfeito do que tinha imaginado. Apesar da atuação formidável de Sami ela não me convenceu como Mia, ficou faltando algo e SPOILER DOS OUTROS LIVROS, ela pareceu apenas a Mia que aparece mais para frente, acho que isso que me irritou um pouquinho nela. FIM DO SPOILER.
Sinceramente não entendo porque não trouxeram o filme para os cinemas daqui, tenho certeza que teria sido um sucesso total. Amei o filme e pretendo assistir mais umas 20x até acabar o aluguel dele (risos). Vale a pena tirar duas horinhas para ver o filme. 
Vampire Academy foi um livro que me fez rir, chorar e gritar de ansiedade enquanto o filme me fez ficar totalmente apaixonada por ver aquilo tudo que imaginei lendo se tornando real.
Beijos!


0 comentários:

SEGUIDORES

Maria Margarida

Começando bem o ano

Quote da Semana

Quando se lançou naquela aventura sabia que deveria ser uma única noite, mas seu coração traiçoeiro não quis. Seu coração traiçoeiro quis coisas impossíveis. Coisas que teriam um preço.


Você Arranjou Um Problema - Silvia Fernanda
Tecnologia do Blogger.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página

SPHair Cosméticos

Autores Parceiros

Autores Parceiros

Autores Parceiros

Blogues Parceiros

Autores Parceiros

Receba notícias no seu e-mail!

Fique por dentro em qualquer idioma!

PERFIL

Play!

PageRank

PageRank

set