segunda-feira, 21 de julho de 2014
Olá, leitores. Devo confessar a vocês que estou angustiado, ansioso, desesperado para que Redimida termine de ser escrito e que venha logo para o Brasil, o desespero é tanto que comprarei até em inglês para saciar a curiosidade.Ufa! Acho que falei demais, não vou me prolongar muito por aqui. Logo abaixo segue a resenha. Saudações nerds!


Dados técnicos:                     
Título: Revelada
Título original: Revealed
Autoras: P.C. Cast e Kristin Cast
Classificação: 4/5.
Edição: 1
Editora: Novo Século – Sp
ISBN: 9788542801798
Ano: 2014
Páginas: 328


Sinopse: Neferet está agora mais poderosa do que nunca, e sua busca por vingança ameaça as vidas não apenas de Zoey e seus aliados, mas de toda a humanidade. O caos impera em Tulsa, e todos passam a culpar a Morada da Noite por isso. Poderá Zoey impedir os planos terríveis de Neferet a tempo, antes que seu ódio possa desencadear uma guerra de consequências devastadoras? A série House of Night é um dos maiores fenômenos do mercado editorial, tendo alcançado a primeira posição na lista dos mais vendidos em países como Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido, mantendo-se na lista de best-sellers do The New York Times por cerca de 150 semanas consecutivas. Agora, no penúltimo capítulo dessa aclamada série, a ação é ainda mais eletrizante, e os riscos são ainda maiores na batalha de Zoey e de seus amigos para proteger sua escola – e seu lar – da destruição. Ao mesmo tempo, os cativantes personagens criados por P. C. e Kristin Cast têm de lidar com seus sentimentos, com o jogo de amizades e traições e com o dia a dia entre as paredes da Morada da Noite.


    A série House Of Night tornou-se uma das minhas favoritas. Lembro como se fosse hoje quando comecei a ler Marcada, eu realmente fiquei desesperado pelas continuações, me recordo também que primeiro comprei o número um e depois passei a comprar de dois em dois (na época tinham sete volumes). Todo mês eu me sentia incompleto, precisava saber o que ia ocorrer na perturbada vida de Zoey e de seu círculo. Confesso que a partir do nono volume a série começou a ficar bem monótona (carinha triste), entretanto continuei a ler porque eu realmente a amo. Quem leu House Of Night provavelmente vai me entender, a escrita das duas autores é algo muito gostosa, viciante e engraçada. Eu me pego praticamente rindo ou revoltado com a sucessão de acontecimentos da trama, P.C. e Kristin escrevem sem pena (risos). O décimo primeiro volume foi bem calmo, porém muito mais movimentado que seu antecessor, e previsível. O final é terrível, indignação é a ponta do iceberg de meus sentimentos sobre a obra. Eu necessito saber o que acontecerá com uma determinada personagem (e aquela vontade de dar spoiler?). Espero deveras que o próximo e último volume ( carinha super triste) seja bombástico, polêmico e cruel. 


Revelada começa de uma forma um tanto cruel (mas eu gostei, cheguei a comentar que sou sádico?). Realmente não posso descrever o prólogo com minhas palavras, portanto retirei o seguinte trecho da orelha do livro.

“    Houve um barulho de vento e todas as aranhas despencaram das gaiolas, caindo dentro da poça. A água estremeceu e começou a mudar de forma, alongando-se, expandindo-se. Eu me concentrei, sentindo a presença do espírito, o elemento com o qual eu tinha mais afinidade, Na minha mente, visualizei a poça de aranhas sendo jogada para fora do nosso campus, como se alguém estivesse esvaziando um balde de uma água de privada nojenta. Mantendo essa imagem na minha menta, eu ordenei:
 - Agora, vá embora!
 - Fora! – Damien ecoou.
 - Suma! – Shaunee disse.
 - Saia daqui! – Erin falou.
 - Agora, tchau! – Stevie Era afirmou.
  Então, como na minha imaginação, a poça de aranhas se levantou, como se elas fossem arremessadas da terra. “Mas, em um piscar de olhos, a imagem se transformou em uma silhueta familiar – curvilínea, bela, mortal.”

Nota sobre o prólogo: Sim, vocês leram Erin.

    O primeiro capítulo da trama é segundo a visão da Tsi Sgili, a rainha ainda está muito enfraquecida devido ao trágico desfecho de Escondida. A vampira expulsa pelo círculo de Zoey caminha pelo lado exterior da Morada da Noite sedenta, e bem, qual é a dieta de um vampiro? Sangue. Neferet finalmente encontra um mortal, entretanto, ele não é um mortal qualquer...
    Durante quase toda a trama Tsi Sgili passa a ter flashbacks sobre sua vida mortal até o que era atualmente.
     Não se pode deixar de citar a presença fortíssima de magia antiga nessa trama, tudo está ligado a ela. Acredite, tudo mesmo, ela é a razão de todos os problemas e ao mesmo tempo a solução, complicado de entender, não é? Imagine, então, o lema que a jovem Redbird passa a viver. Será que a Grande Sacerdotisa conseguirá lidar com ela?

    A história começa a me deixar intrigado a partir do segundo capitulo (Zoey). Devido a uma grande confusão, com intervenção da polícia, todos os vampiros da Morada da Noite são submetidos a seguir a seguinte regra: não sair do campus em hipótese nenhuma. O caos se instaura na Morada. Como se não bastasse essa limitação, uma série de brigas brutais se inicia. De qual maneira a escola poderia provar sua inocência se havia tantas disputas internas?
    Thanatos e o círculo de Zoey (incluindo Stark e Darius) começam a pensar em estratégias e as praticar, alguém deveria solucionar todos aqueles problemas, não é?
    Tudo começa a se solucionar. Para os novatos vermelhos o porão serviu como dormitório. As duas sacerdotisas ( Stevie Rae e Zoey Redbird ) e  as duas profetisas ( Aphrodite e Shaylin ) dormem separadas como uma estratégia de rápida fuga e ação. Thanatos intervém para com o Conselho Supremo com o propósito de informa-las sobre os recentes acontecimentos e poder também pedir algum tipo de auxilio à Morada da Noite.
    Como tudo estava fluindo de maneira positiva uma noticia ruim é recebida, como sempre, uma profecia nefasta é revelada à Aphrodite, entretanto a mesma a esconde. As únicas três pessoas a saberem do conteúdo da mesma são: as duas profetisas e Darius. Incrível, não é? As duas profetisas em um tratado de paz pelo Bem maior. Mas os acontecimentos ruins não param por ai, um atentado de morte é sucedido na Morada da Noite. Será que eles conseguiram pegar a pessoa culpada? E o que fizeram com a mesma?
    E não para por ai, aiminhadeusa, eu realmente preciso deixar de ser repetitivo, o enlace amoroso, formado por Zoey/Aurox/Stark, tem o sua definitiva sentença, Zoey escolhe apenas um dos dois jovens, em qual vocês apostam? No poderoso Aurox, mais conhecido como o cara da dançinha do psaghetti, ou o multitalentoso James Stark?
       Não se pode deixar de citar a presença fortíssima de magia antiga nessa trama, tudo está ligado a ela. Será que a Grande Sacerdotisa conseguirá lidar com ela?


Momento SPOILER:
    Eu realmente não sei porque eu ainda me surpreendo com as situações que a Zoey entra, e olha que ela já passou por muita coisa, como por exemplo o fato de a mesma ter praticamente entrado em um pentágono amoroso (esse termo existe? Senão existe ela definitivamente o criou ). Acredito eu que essa foi a pior burrada que ela já fez em toda a série. Até agora estou com raiva dela. Quem realmente quiser spoiler terei o maior prazer de contar, estou aflito para compartilhar essa informação com alguém.


Rainha Tsi Sgili
   O desfecho de Revelada é fantástico. Devo citar que Neferet mostra-se absolutamente maléfica, sádica e irrefutavelmente dramática? Não. A Tsi Sgili revela-se ainda mais propensa a disseminar o caos, cada vez mais fatal. Seu ser pulsa a imortalidade.

“Então, vestida de Armani e pulsando com um poder glorioso, ela saiu da Boston Avenue Church. [...] Neferet limpou uma última gota de sangue no canto dos seus lábios carnudos. Sorrindo, radiante, Neferet apontou para o Mayo.
 - Levem-me para casa. Estou com tanta saudade da minha cobertura...” Página 326


Merry meet, merry part and merry meet again. Espero que tenham gostado e não deixem de comentar.

6 comentários:

  1. Adorei a resenha... Seu blog ta lindo e Merylin, que eu nao tinha notado antes deu um toque especial... rss bjs
    http://gracirocha.blogspot.com.br/2014/07/entre-nessa-festa_18.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Olá, Graci. Obrigado por ter lido a resenha! A Larissa realmente fez um ótimo trabalho remodelando todo o blog. O design ficou muito bonito.
      Abraços.

      Excluir
  2. amei a resenha, não sou daquelas pessoas que super gosta de ler livros
    mas sempre tem alguns que me chamam atenção
    e esse tenho que falar me chamou muito atenção
    beijos ganhou uma nova seguidora blogdaxavier.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carolina. Obrigado por ter lido a resenha, fico muito feliz que tenha gostado. A série House Of Night é realmente muito viciante.Super indico. Agradeço também por ter nos seguido!
      Abraços.

      Excluir
  3. Só dei uma lida por cima, para evitar ficar curiosa, falta comprar esse livro e o anterior e fz tempo que tó sem ler, adoro House of night.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, é sempre bom poder encontrar você por aqui, mas para que isso possa ser mais bacana deixe um comentário para trocarmos ideias, que tal?
Beijos!

SEGUIDORES

Maria Margarida

Começando bem o ano

Quote da Semana

Quando se lançou naquela aventura sabia que deveria ser uma única noite, mas seu coração traiçoeiro não quis. Seu coração traiçoeiro quis coisas impossíveis. Coisas que teriam um preço.


Você Arranjou Um Problema - Silvia Fernanda
Tecnologia do Blogger.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página

SPHair Cosméticos

Autores Parceiros

Autores Parceiros

Autores Parceiros

Blogues Parceiros

Autores Parceiros

Receba notícias no seu e-mail!

Fique por dentro em qualquer idioma!

PERFIL

Play!

PageRank

PageRank

set