terça-feira, 1 de julho de 2014
Oi amores!
A maratona mal começou e já terminei um livro, pulinhos de alegria seguinte, pra quem acompanhou o post da maratona aqui viu que eu estava lendo um livro e iria coloca-lo como bônus na maratona, afinal eram 5 livros e esse seria o meu 6º escolhido. Ainda sim já é uma grande grande alegria principalmente porque escolhi livros que estava com medo de ler e como esse é o último e uma série é mais complicado ainda!Como a única regra mesmo da maratona é na resenha conter uma música que tenha haver com o livro eu escolhi Magic - Codplay para esse livro e ao longo da resenha vou postar trechos que são o motivo dessa escolha. Bom vamos falar mais um pouco de Vampire Academy? Teve resenha do filme aqui por isso se você é viciado como eu não deixe de conferir!


Dados Técnicos:
Título: Último Sacrifício
Autora: Richelle Mead
Classificação: 5 estrelas
Edição: 1
Editora: Agir
ISBN: 9788522012930
Ano: 2013
Páginas: 536

Sinopse: Rose Hathaway sempre jogou com suas próprias regras. Ela quebrou as regras quando fugiu da Academia St. Vladimir com sua melhor amiga e a última princesa Dragomir sobrevivente, Lissa. Ela quebrou as regras quando se apaixonou por seu maravilhoso e fora-dos-limites instrutor, Dimitri. E ela ousou desafiar a Rainha Tatiana, a líder do mundo Moroi, arriscando sua vida e reputação para proteger futuras gerações de guardiões dhampir. Agora a lei finalmente pegou Rose por um crime que ela sequer cometeu. Ela está presa pelo mais alto crime imaginável: o assassinato de um monarca. Ela precisará da ajuda de Dimitri e Adrian para encontrar a única pessoa viva que pode atrasar sua execução e forçar a elite Moroi a reconhecer uma chocante nova candidata ao trono real: Vasilisa Dragomir. Mas o relógio está correndo contra a vida de Rose. Ela sabe em seu coração que o mundo dos mortos a quer de volta… E desta vez ela realmente não tem uma segunda chance. A grande questão é: quando sua vida é dedicada a salvar os outros, quem vai te salvar?

Acredito que a única coisa pior do que a rainha ser assassinada é você ser a assassina ou então acusada de tal coisa o que é o caso da nossa querida Rose Hathaway a guardiã que sempre teve problemas com a rainha e nenhum problema em cometer crimes. Ela é acusada e presa, injustamente, até que pela primeira vez em seis livros tudo fica por conta dos outros e não dela, está na hora de todos seus amigos a salvarem ou tentarem, ela simplesmente não está mais no comando. E como o livro começa assim o choque já é inicial, principalmente para você que assim como eu está acostumado a Rose ser sempre a cabeça por trás de todos os planos, dela sempre salvar os outros, é simplesmente uma inversão total do modo como a história rolou até então e foi ai que Richelle Mead ganhou sua primeira estrela nesse livro comigo, por mesmo depois de tantos livros conseguir criar uma reviravolta total, desde personagens até a própria história. E para ajudar Rose recebeu um bilhete bem misterioso que teria sido escrito por Tatiana no dia de seu julgamento.
Lissa descobre um jeito de fazer com que Rose não consiga enxergar pelo laço e começa a esconder pensamentos e cenas dela que está muito entediada presa e por isso passa boa parte do tempo na cabeça de Lissa, até que no dia do enterro de Tatiana ela escuta explosões e Dimitri junto com seus amigos surge como um Deus grego que foi lhe resgatar, juntos e com apoio de todos do grupo Rose e Dimitri fogem sem ela saber qual é o destino e não ter ideia de como seus amigos planejaram tudo aquilo. E tudo começa a fazer sentido quando eles se encontram com Sidney, uma alquimista que já havia ajudado Rose na missão Sibéria, e uma das minhas personagens favoritas também, que só ganhou mais ainda meu respeito nesse livro. O único problema é que eles vão para uma cidade minuscula e a ideia é manter Rose ali até que tudo se aclame, mas conhecemos bem a Rose e sabemos que com o conteúdo de um bilhete misterioso, somado a sua coragem em níveis perigosos ela não fica parada por ali durante muito tempo.

"Agora eu tinha algumas opções. Eu poderia ficar, é claro [...] até Lissa limpar meu nome. [...] Essa era a opção segura. E também a mais chata para mim.
Outra opção era lutar para passar por Dimitri. [...] O melhor de mim seria o suficiente para escapar? Estava na hora de descobrir." - Página 79

Desde que Rose foi rejeitada por Dimitri logo após sua transformação para dampiro novamente ela tenta enterrar o mais fundo possível seus sentimentos por ele, mas em uma aventura onde ela só pode contar com ele e Sidney fica cada vez mais difícil tentar se controlar manter-se fiel a Adrian que sempre a visita em seus sonhos, e é então que nosso antigo triângulo amoroso envolvendo Dimitri, Rose e Adrian volta com força total dando uma apimenta em toda essa aventura que já não é pequena e deixando o livro ainda mais envolvente. 
Quando Rose por fim percebe que não vai conseguir chegar a local algum e muito menos ajudar Lissa sem ajuda de Dimitri e Sidney ela decidi revelar o que tanto a tinha atormentado: lembra do bilhete que comentei lá em cima? Bem ele contém nada mais e nada menos do que uma revelação bombástica: Lissa possuí um irmão ou irmã bastardo fruto de um caso entre o pai de Lissa e uma dançarina de Las Vegas. Lógico que Rose após confirmar a informação passa a ser perseguida por Victor em seus sonhos e acaba topando a ajuda do mesmo. Ou seja, mais um personagem que retorna para história, é claro que Victor é um super vilão, mas ainda sim eu adorei o fato dele voltar para história para finalmente poder saber o que de fato iria acontecer com ele, não ele sumir do nada. 

"Dimitri e eu trocamos olhares, mas nos calamos. Quando lhe contei que sabia um jeito de dar uma grande ajuda a Lissa, ele ficou intrigado. Eu sabia que ele queria detalhes agora, só que nós dois tínhamos que esperar por causa de Sidney." - Página 105

Com toda a retomada de ação e Rose voltando a ser heroína, volta de personagens e de triângulo amoroso o livro entre no ritmo costumeiro da série: ação, violência, paixão e amizade que é o que sempre me agradou na escrita de Richelle Mead. É claro que não vou contar o final dessa trama, só posso dizer que foi incrível e que eu amei de paixão, apesar de achar muito forçado a solução do triângulo amoroso e isso é tudo que vou dizer sobre o assunto, risos.
Agora vou explicar o motivo da música escolhida ser Magic do Codplay. Como você já deve ter reparado ela está na playlist do blog e essa playlist é a minha, passo o dia inteiro ouvindo essas músicas, por isso as vezes mudo uma ou duas, mas de qualquer forma enquanto lia e tocava a música a palavra Magic começou a me chamar muita atenção e passei a ouvir a música mais atentamente e percebi que assim como toda a série de Vampire Academy gira em torna da magia de Lissa, da magia que une Rose e Lissa formando o laço e essa linda amizade, da magia que foi o "puta pé inicial" para Rose e Dimitri ficarem juntos assim como foi para Rose e Adrian também, além de Lissa e Christian, enfim percebi que magia (Magic) era a palavra que centralizava perfeitamente a série, principalmente esse livro, e a música do codplay, por isso seria uma junção perfeita e uma escolha única!
Trechos decisivos:

"And I just got broken
Broken into twoStill I call it magic"
No momento em que ouvi " Fui quebrado em dois pedaços, mas continuo a chamar magia eu me identifiquei com o laço de Lissa e Rose, porque um pedaço da alma de Lissa se quebrou e foi parar na de Rose, ou seja a alma dela se quebrou em dois pedaços e isso foi o verdadeiro estímulo para o espírito se manifestar em Lissa

" And if you were to ask me
After all that we've been trough
Still belive in magic?
Oh, yes I do."
Esse trecho para mim resume muita coisa em uma só que é uma baita conclusão para música assim como o livro é para a série. Mesmo depois de tudo de ruim que aconteceu, de todos os problemas, aventuras mal resolvidas e de todas as consequência, todos os protagonistas ainda acreditam na magia, ainda acreditam nos laços de amor, amizade e família, por mais que isso fosse pesado e mais do que nunca a magia do espírito aparece no livro. 
Enfim para mim essa é a música perfeita para o livro! Espero que vocês tenham gostado!
Beijos!


10 comentários:

  1. Vejo que aqui só rola indicações de bons livros.
    A cada post que visito, fico mais estimulada e mais fascinada por esse mundo fantástico da leitura. Obrigada por dividi conosco um pedacinho de histórias maravilhosas que nos levam a viajar em um mundo diferente e surpreendente.
    Bjs :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Deise, tudo bem?
      Ah eu procuro só postar aqui livros que me agradaram 100% e viraram meus favoritos, se não nem vale a pena falar do livro, né?
      Fico muito feliz por saber que você está gostando desse mundo cheio de palavras e viagens! Adoro sempre você passa por aqui.
      Super beijo!

      Excluir
  2. ai so de ler o resumo desse livro me deu uma vontadezinha de ler kk parece ser muito bom. Fugindo com a amiga kk adorei a resenha !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Fico feliz! Se você quiser saber se vai gostar ou não dá uma olhadinha no filme baseado no primeiro livro.
      Beijos!

      Excluir
  3. Nossa, esse livro está de tirar o fôlego. A autora tem um jeito único de escrever né? Ela deixa a gente quase maluca querendo ler o final de uma vez, rs.
    Awn. Dimitri, meu amor <3
    Amo Coldplay, sabia? E faz todo sentido essa trilha! Muito criativa, Lari.
    Beijos <3

    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta, tudo bem?
      A Richelle Mead é uma diva que tira nosso fôlego a todo o minuto, é uma doideira. Sim Dimi <3 é até o nome do meu esquilo apesar de não ser inspirado nele.
      Coldplay são outros divos, né?
      Obrigada!
      Beijos.

      Excluir
  4. Já ouvi falar bastante dessa série, mas não sei muito bem como é a história, pois nunca me senti muito atraída por ela. Não sei explicar, nunca tive muita vontade de saber do que ela se tratava. Vou se mudo meus pensamentos e leio algumas resenhas dos primeiros volumes. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi, tudo bem?
      Você pode assistir ao filme, tem resenha dele aqui no blog e ai você decide se vai ler ou não os livros, é um conselho que sempre dou, porque acredito que o filme está bem fiel.
      Beijos.

      Excluir
  5. nossa realmente cada livro maravilhoso para ler, que da vontade de voltar a ler, faz tempo que não leio um bom livro.... :(
    http://clubedabelezaemaquiagem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia, tudo bem?
      Sério? Qual estilo você curte? Aqui no blog temos mais romance, mas vai entrar um colunista que vai falar bastante de policial e terror, fique ligada nas resenhas e quem sabe você encontre algo que lhe agrade.
      Beijos.

      Excluir

Obrigada pela visita, é sempre bom poder encontrar você por aqui, mas para que isso possa ser mais bacana deixe um comentário para trocarmos ideias, que tal?
Beijos!

SEGUIDORES

Maria Margarida

Começando bem o ano

Quote da Semana

Quando se lançou naquela aventura sabia que deveria ser uma única noite, mas seu coração traiçoeiro não quis. Seu coração traiçoeiro quis coisas impossíveis. Coisas que teriam um preço.


Você Arranjou Um Problema - Silvia Fernanda
Tecnologia do Blogger.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página

SPHair Cosméticos

Autores Parceiros

Autores Parceiros

Autores Parceiros

Blogues Parceiros

Autores Parceiros

Receba notícias no seu e-mail!

Fique por dentro em qualquer idioma!

PERFIL

Play!

PageRank

PageRank

set