quinta-feira, 18 de setembro de 2014
Oi amores!
Hoje eu vim contar para vocês sobre um livro que se encaixa tanto na maratona #PuroRomance quanto na coluna #Enfimeuli, afinal simplesmente todo mundo comenta muito bem dele, tem frase do John Green na capa, vai virar filme, enfim, é um sucesso. Vamos entender o motivo desse sucesso todo?

Dados Técnicos:
Título: Eleanor&Park
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Classificação: 5/5
Ano: 2014
Número de páginas: 328
ISBN: 9788542801255
Sinopse:
 Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
Primeiramente preciso dizer que o livro é narrado em terceira pessoa, alterando o ponto de vista entre Eleanor e Park sem qualquer ordem, esse é um dos fatores mais divino dele, pois as vezes é a mesma cena, ou ainda uma coisa boba, mas dá aquela sensação de interação entre eles, sabe?
O livro se inicia com Eleanor voltando para casa e revendo os irmãos, por um motivo que só será revelado lá na frente, e tendo que aturar novamente o padrasto que desde o início já se mostra horrível, além de sua mãe meio desmiolada, mas tudo que está ruim pode piorar e é por isso que ela é extremamente zuada no ônibus e na escola. Devido a pobreza de sua família ela se veste com roupas usadas e em sua maioria elas são masculinas, fazendo com que o resultado geral seja um tanto quanto esquisito, fora isso seus cabelos são ruivos, bem vermelhos e com cachos descontrolados, para finalizar ela é gordinha. Bullying na certa.
Com pena da garota nova que nem tinha onde sentar no ônibus Park decide deixar que ela se sente no mesmo banco que ele. No entanto ao longo dos dias ele começa a notar que ela sempre está olhando para seu colo, mais precisamente para o quadrinho que ele está lendo, por isso quando o ônibus para ele marca aquela página e no dia seguinte abre nela novamente. Quando vê a felicidade de Eleanor em poder continuar a leitura ele decide no dia seguinte levar alguns exemplares para ela, dessa forma  ela passa a ler, ler e ler. No dia seguinte eles conversam sobre isso e com o tempo passam a conversar cada vez mais, até que park começa a segurar a mão dela e ela começa a deitar em seu ombro, com altas dose de constrangimento de ambas as partes e  daquele sentimento puro que só o primeiro amor tem.

 Park levantou-se quando ela chegou ao banco deles e, assim que se sentou, ele tomou a mão dela e a beijou. Aconteceu tão rápido que ela nem teve tempo de morrer de êxtase ou vergonha.
 O livro inteiro vai evoluindo com calma e ao mesmo tempo paixão, por mais que eles se sintam super felizes em apenas segurar a mão um do outro, as coisas vão evoluindo, Eleanor passa a frequenta a casa de Park e eles passam a conversar muito mais e sobre coisas mais profundas.
Nesse ritmo leve, com capítulos curtos o livro vai indo e continuando envolvente, é claro que ele tem frases de reflexão e muito bonitas, além de discutir muito sobre a família, tanto de Park quanto de Eleanor. Na de Park temos como pais um casal que se adora, no entanto a mãe de Park é preconceituosa com Eleanor, enquanto o pai dele quer apenas que ele faça luta e aprenda a dirigir um carro com marchas manuais. Já na família de Eleanor ela é praticamente a mãe de seus irmãos menores, pois sua mãe é uma irresponsável e o personagem que mais odiei no livro, ela deixa com que o marido bata nela, faz tudo por ele, as crianças são obrigadas a estarem sempre quietas e nunca reclamar de nada que o padrasto faça e o pior de tudo, ele grita e xinga a tudo e a todos e a esposa sempre o apoia. Além disso os irmãos de Eleanor são mimados, sem serem, eles sempre foram pobres, mas eles acreditam que tem o direito de mexer nas poucas coisas da garota e tomar para si qualquer coisa que acreditem ser interessante.

 Eleanor tinha razão. Não tinha boa aparência. Era como uma obra de arte, e arte não deve ter boa aparência, mas sim fazer a gente sentir alguma coisa.
Eleanor&Park é um livro que te rouba o fôlego, te deixa simplesmente sem palavras e o final é chocante, simplesmente chocante. Ele contém uma boa dose de drama como vocês devem ter percebido, mas ao mesmo tempo a chama que começa a nascer no casal é tão pura, tão bonita de se ver que supera todos os problemas de ambos. A autora conseguiu criar uma história pesada, contada de forma leve e um romance perfeito contado de forma natural.
Eleanor demora mais para se abrir com Park, no entanto demonstra uma confiança nele quase completa. É claro que eles enfrentam diversos obstáculos ao longo dessa jornada, e alguns causados até por eles mesmo, mas isso só faz com que eles evoluam e tudo se torne ainda mais bonito.

Quando viu Eleanor vindo até ele na segunda de manhã, Park quis correr até ela e tomá-la nos braços. Como um daqueles caras das novelas a que a mãe dele assistia. Ele apoiou as mãos nas alças da mochila para se conter...
Foi meio que maravilhoso.
É isso amores, espero que tenham gostado.
Beijos!

5 comentários:

  1. Eu achei o livro lindo... e cá entre nós a mãe dela também me irritou. Ela se deixa ser submissa e pior ela deixou o cara interferir ao ponto de expulsar a própria filha de casa. Sinceramente né? Mas o envolvimento deles dois foi a coisa mais fofa. Nada forçado, foi aos poucos. É como você falou mesmo, apesar de ter uma carga pesada de drama, a autora soube fazer com que não ficasse algo carregado ou difícil de ler. Pelo contrário né?!
    Adorei a resenha! ^^
    Beijos

    As minhas leituras - Lendo e Apreciando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamilla, tudo bem?
      Ah jura que não fui a única que se irritou?! Obrigadaaa! Pois é, não sou mãe, mas tenho certeza que se fosse jamais deixaria ninguém encostar um dedo em um filho meu imagina expulsa-lo de casa ou qualquer coisa do tipo!
      Sim foi perfeito e delicado , além de tranquilo. Sim, é super gostoso de lê-lo!
      Um grande beijo!

      Excluir
  2. Oi Larissa, tudo bem?
    Eu conheço o livro já faz um tempo e eu quero muito lê-lo
    Cheguei ir na livraria e pegá-lo, mas no final não levei, sei lá porque.
    Eu não sabia que vai virar filme, que legal!
    Quero lê-lo muito em breve.
    Gostei muito da resenha.
    Seguindo aqui, se puder, retribui :)

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Ainda não vi uma resenha negativa sobre esse livro.
    Estou morrendo de vontade de lê-lo, parece ser maravilhoso.
    Adorei a resenha.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  4. Já queria muito ler esse livro, e amei sua resenha! Achei muito fofo como eles começam, acho que é o sonho de todo leitor, né? Mas fiquei com medo desse final chocante, não sabia disso.
    Vc dissepra eu fazer mais posts de "Conheça" e eu fiz um
    bjs
    felicidadeinventada.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, é sempre bom poder encontrar você por aqui, mas para que isso possa ser mais bacana deixe um comentário para trocarmos ideias, que tal?
Beijos!

SEGUIDORES

Maria Margarida

Começando bem o ano

Quote da Semana

Quando se lançou naquela aventura sabia que deveria ser uma única noite, mas seu coração traiçoeiro não quis. Seu coração traiçoeiro quis coisas impossíveis. Coisas que teriam um preço.


Você Arranjou Um Problema - Silvia Fernanda
Tecnologia do Blogger.

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Total de visualizações de página

SPHair Cosméticos

Autores Parceiros

Autores Parceiros

Autores Parceiros

Blogues Parceiros

Autores Parceiros

Receba notícias no seu e-mail!

Fique por dentro em qualquer idioma!

PERFIL

Play!

PageRank

PageRank

set